Arquivo do autor:Dener Pastore

Dúvida

Ela atende no quarto toque, ou o equivalente na musiquinha do star wars do aparelho dela, Oi, Oi, Tudo bem etc etc, Uma pergunta, Diga, Se eu achasse um gato na rua, desses bem estropiados, o que seria melhor, trazer … Continuar lendo

Publicado em cima da hora | Deixe um comentário

Eclipse

Noite de sábado, vozes e barulho que vêm da rua incutem uma vontade indefinível de que alguma coisa aconteça, algo diferente do estado concha do costume, ao mesmo tempo que a perspectiva da interação traz o abatimento e o apego … Continuar lendo

Publicado em cima da hora | Deixe um comentário

Bizarre Porre Triangle

Devia ter escolhido o prato antes de Sônia começar a falar, agora mal conseguia distinguir a língua portuguesa em meio àquelas ininteligíveis possibilidades de indigestão, a garganta travada até para o vinho branco, um Chardonnay espetacular que se convertia instantaneamente em descarte … Continuar lendo

Publicado em cima da hora | Deixe um comentário

Inextricável

                  Acuado pela ressaca, uma bexiga plena e um sonho no qual se debatia e gritava ao cozinheiro que o besuntava de molho inglês e mostarda canadense que se recusaria a entrar no … Continuar lendo

Publicado em cima da hora | 3 Comentários

Romantismo

Fazia duas horas desde que o astro em torno do qual giravam os planetas de seu sistema solar tinha desaparecido no horizonte, tinha um ser humano sentado na cadeira a sua frente, que dizia ter 25 anos, ter características psíquicas … Continuar lendo

Publicado em cima da hora | Deixe um comentário

Nada de novo debaixo do sol

O cheiro era de velas, flores e piadas fajutas, as primeiras a notar o movimento foram umas poucas moscas que vinham insistindo em pousar no velho Mascarenhas ainda com o desestimulo de um véu estranhamente encardido para seu uso único … Continuar lendo

Publicado em cima da hora | Deixe um comentário

Labirinto

  No começo disseram que não era possível, depois que talvez, respeitadas algumas condições francamente obscuras, de modo que nessas já iam mais de três semanas, tempo em grande parte gasto em telefonemas impertinentes, preenchimentos de formulários de lógica indecifrável … Continuar lendo

Publicado em cima da hora | Deixe um comentário