Arquivo do mês: fevereiro 2013

A máquina do tempo

O local era importante, precisava levar em conta, ao contrário do que acontecia nessas historinhas de ficção científica, que ao se deslocar no fluxo temporal iria continuar no mesmo ponto do espaço, de maneira que se escolhesse um terreno que … Continuar lendo

Publicado em cima da hora | 2 Comentários

Porquisses

Todavia o céu, após algumas dúzias de peidos formidáveis, resolveu emfim liberar sua diarreia transparente diretamente sobre minha melancólica carcassa, bem quando descia do ônibus e a prossimidade de casa me deixava mais esperançozo. Um desgôsto principalmente a humidade no … Continuar lendo

Publicado em cima da hora | Deixe um comentário

Dia útil

Enquanto fecha o portão do prédio pensa que não ia fazer tanta diferença, uma vez já atrasado, sentar um pouco no degrau da casa da esquina e dividir o resto do pão com queijo com o cachorrinho branco e amarelo, … Continuar lendo

Publicado em cima da hora | Deixe um comentário

Fones de ouvido

Quando a tempestade começou, eu estava nu, passando roupa, tomando cerveja e ouvindo Zoviet France. Fazia um sol de derreter asfalto, e me sentia afortunado por estar de folga, e pensava na última mulher que tinha me deixado. Quando o … Continuar lendo

Publicado em cima da hora | Deixe um comentário

Decomposições, passarinhos

    Muita gente não gosta de ciprestes, mas nesse aqui há um ninho de bem-te-vi com três ovinhos, não dá pra vê-los por que a abertura do ninho é pelo lado e ainda mais que um dos pais, por … Continuar lendo

Publicado em cima da hora | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

o cão chupando manga

Não era noite nem tarde. Mosquitos devorando os passageiros do Santa Ifigênia, que singrava o Delta do Parnaíba em direção a Tutoia, no Maranhão. O velho examinava o artesanato de um menino careca: chaveiros de madeira vagabunda com conchas e … Continuar lendo

Publicado em cima da hora | Deixe um comentário